conteúdo da página

Aplicabilidade e benefícios do Pix: comprar, pagar e receber

8 minutos para ler

Com o surgimento do pagamento instantâneo um mundo de possibilidades começa a surgir no mercado financeiro. Agora há uma inclusão maior de instituições e pessoas, aumentando a competição no mercado, gerando mais facilidade nas transações e o menor custo para os usuários.

A nova modalidade de pagamento pode ser realizada de múltiplas formas: QR Code Estático, QR Code Dinâmico, uso de chave de endereçamento e outras formas como preenchimento de dados manualmente.

Se você for pagar ou comprar, você pode acessar o app do seu banco ou instituição financeira e informar a chave Pix, o QR Code ou o link do local de quem for receber. Da mesma forma, se você for receber, poderá utilizar o Pix cadastrando a sua chave ou gerando um QR Code e fornecendo para quem for te pagar. 

Você conseguirá aplicar em diversas áreas esta nova modalidade, pagando suas contas, faturas,  outras pessoas físicas, estabelecimentos, lojas on-line, empresas e até instituições do governo. São diversas as aplicações do Pix e listamos algumas que já estamos vendo por aí:

  • Restaurante e bares;
  • Contas de água, luz, telefone;
  • Auxilio emergencial;
  • Varejo e E-commerce;
  • Black Friday.


Como será a utilização destes serviços com o Pix?
Entenda a especificidade em cada um dos casos.

 

Pix nos Restaurantes e bares  

Para os restaurantes e bares as mudanças devem ser muito benéficas, tanto na hora de receber os pagamentos dos clientes quando na hora de realizar pagamentos a fornecedores, por exemplo.

Em 2021, estes estabelecimentos poderão começar a operar como agentes de saque através do Pix. Uma funcionalidade que ajudará a atrair e reter clientes neste segmento.

Uma das vantagens já no momento atual, será a redução de Custos de Pagamentos. As maquininhas de cartão convencionais ainda cobram taxas em cada transação,  uma das propostas do pagamento instantâneo é eliminar essas taxas, já que as transferências serão feitas de forma gratuita.

A outra economia é para os casos em que é preciso fazer transações entre bancos diferentes, eliminando as taxas altas cobradas. Assim, fica muito mais fácil pagar fornecedores e outras contas. Ou seja, com Pix a redução de custos é alta e seu restaurante só tem a ganhar usando esse novo sistema.

Já para o fluxo de pagamentos para fornecedores e colaboradores poderá ser direto pelo celular, basta indicar a chave, confirmar a operação e o pagamento já está realizado. Quem recebe o dinheiro terá acesso imediatamente para utilizá-lo com o que quiser. 

Pix para pagar contas de água, luz, telefone 

Algumas distribuidoras de água, energia e telefonia já estão programando-se para receber pagamentos das faturas via Pix já em novembro. Como é o caso da TIM, que já habilitou essa função aos seus usuários.

Em agosto, o Banco Central já havia anunciado um acordo com a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) autorizando que as contas de luz fossem quitadas usando o sistema de pagamentos instantâneos

A maioria das empresas de concessão pública tem convênio com os grandes bancos e o cliente tem a dificuldade de pagar a conta de água, luz ou telefone fora dessas instituições. Essas empresas também não enxergam vantagem de trazer fintechs para dentro porque o custo é alto e o resultado é marginal. O Pix conseguiria endereçar essas duas questões, beneficiando usuários e fornecedores.

Pix e o auxílio emergencial

Os beneficiários do auxílio emergencial já estão aptos a utilizar o novo formato também. A partir da agora, ao acessar o aplicativo do Caixa Tem, o usuário poderá notar a aparição de uma mensagem comunicando sobre o cadastro de uma chave Pix.

Com o Pix, basta que o usuário acesse o app e transfira a quantia proveniente do auxílio emergencial para qualquer outra conta de maneira rápida e sem nenhum custo.

O dinheiro será depositado na conta do receptor em até dez segundos, processo que pode ser feito a qualquer horário do dia, incluindo os finais de semana e feriados. O que antes era um processo muito demorado, era necessário esperar o calendário para retirada de dinheiro com a TED ou saques.

Pix no varejo e e-commerce 

O e-commerce é outro segmento que pode se beneficiar também com o Pix. O novo meio de pagamento será oferecido como uma das opções ao finalizar uma compra online ou presencial. Se estiver disponível, o ícone do sistema surgirá na hora de finalizar o pedido, ao lado dos cartões de crédito e débito, do boleto ou do depósito bancário.

Em compras presenciais, o estabelecimento deverá mostrar o QR Code para pagamento no caixa. O cliente, portanto, precisa apenas abrir o app do banco no celular, escanear o código e conferir os dados de pagamento antes de confirmar com sua senha pessoal. 

Já na Internet, ao navegar pelo e-commerce no próprio aparelho, o site poderá indicar a chave Pix a ser utilizada para uma transferência manual ou mostrar um link para iniciar o pagamento.

O novo sistema de transações tem potencial para ampliar as vendas das lojas, podendo alcançar clientes que não possuem cartão de crédito, contas em bancos ou cartão de débito. Com este pagamento mais rápido, a entrega poderá ser mais ágil. Além disso, o lojista tem a redução das taxas de cartão de crédito, podendo até reduzir os preços e realizar promoções para os clientes.

Pix e a Black Friday 

O Pix será oferecido como uma das opções a mais de pagamento ao finalizar uma compra online na Black Friday. Ao finalizar o pedido, se estiver disponível, irá aparecer junto às demais opções.

O Pix permite aproveitar as promoções da Black Friday mesmo na madrugada ou no fim de semana pois seu funcionamento é full time. Além disso, a liquidação instantânea pelo Banco Central significa que a loja pode identificar o pagamento na hora e liberar o pedido mais rápido que o boleto bancário que é necessário esperar compensar o pagamento. 

No entanto, o Pix não oferece estorno, com isso, os cuidados permanecem os mesmos, verificar se a loja é confiável e a página acessada é verdadeira. Verifique se o link de pagamento é conhecido, a Cielo e alguns bancos já oferecem pagamento via Pix por meio de link.

Benefícios: por que comprar e pagar minhas contas com Pix? 

Com o Pix você tem uma conveniência muito maior podendo fazer transações 24h por dia, pela manhã ou de madrugada, nos finais de semana e até em feriados. Além disso essa nova funcionalidade veio acompanhada de muitos benefícios, como por exemplo:

  • Redução de custos para os lojistas, mais barato que os demais e pode garantir maior flexibilidade na hora de oferecer descontos e fazer promoções;
  • Redução de custos nos pagamentos, eliminando as taxas de maquininhas;
  • Pagamento mais ágil aos fornecedores e colaboradores, facilitando o fluxo, direto pelo celular;
  • Liquidação imediata, auxiliando na saudabilidade do fluxo de caixa;
  • Atuação para uma nova parcela de público, ou seja, como o Pix não exige vínculos com um banco, dará poder de compra para não correntistas;
  • Redução de reserva de estoque, como é feito em casos de compra por boleto, já que o valor será compensado imediatamente, diferente das compras feitas via boleto;
  • Rapidez no check out com a facilidade de automação;
  • Diminuição da quebra de pagamento via boleto, que há demora para o compensamento do pagamento.

E nesse sentido, o Pix será um grande divisor de águas na indústria on-line e no contexto de  transformação digital que está em constante ascensão. 

Sendo uma forma de pagamento mais amigável, sem atritos na experiência de compras do consumidor, sem mudanças de telas no checkout, funcional e transparente para todos os tipos de devices, além de não ter custos abusivos.

Benefício para o cliente e para a empresa também, que terá maior controle e otimização nos seus processos de vendas, logística e distribuição com esta nova modalidade de pagamento.

Conseguiu antever os benefícios que essa inovação pode trazer para o seu negócio? Torne o seu processo mais ágil e a experiência do seu consumidor mais fluida.

Comente aqui se você já aderiu o Pix no seu negócio e quais efeitos benéficos pôde observar.

E caso ainda não saiba, o que é e como funciona o Pix veja aqui!

Escrito por Camila Resende e Thaís Roale

Posts relacionados

Deixe um comentário