conteúdo da página

Desperte seus cuidados em janeiro e aplique o ano inteiro

9 minutos para ler

JANEIRO BRANCO da saúde mental ou JANEIRO AZUL do câncer de colo do útero? Qual o correto?

Na verdade, não há um calendário oficial sobre as cores dos meses. O objetivo das campanhas é desenvolver a consciência sobre algumas doenças e as formas de preveni-las. No Brasil estão sendo adotadas as seguintes campanhas de conscientização:

Como são estabelecidas as cores dos meses e quais campanhas serão adotadas?

A disseminação das campanhas ocorre de acordo com a divulgação feita nas mídias, solicitada por empresas, hospitais, clínicas, indústrias farmacêuticas e por aí vai, ou seja, quanto maior for a divulgação, maior a chance da cor escolhida ser fixada na mente das pessoas e associadas imediatamente à uma causa.

Por exemplo: outubro rosa.
Você sabe que está relacionado a …? Exato, câncer de mama.
E o novembro azul. Está relacionado a …? Certo de novo! 😀 Câncer de próstata.

E por aí vai…

A ETEG está envolvida nessas campanhas?

Sim, e muito! Nossos Eteguianos e Eteguianas formam um time incrível! E o cuidado especial com cada um faz parte do nosso DNA! Faz parte dos nossos valores: respeito e empatia!

Imagina podermos ajudar alguém próximo a nós com INFORMAÇÃO! Seria o máximo, não é mesmo? Compreender o que um colega está passando quando for acometido de alguma enfermidade. É sensacional!

A partir desse mês iremos divulgar quais são as campanhas e as formas de prevenção em cada uma delas. Ah, e contamos com sua colaboração para deixar seu comentário, está bem?! 

JANEIRO É BRANCO E AZUL!

Exatamente, branco e azul! No primeiro mês do ano há duas campanhas por todo Brasil: 

1ª – Janeiro Branco –  voltada para a saúde mental 

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) relatam que o Brasil é o segundo país das Américas com maior número de pessoas depressivas, equivalentes a 5,8% da população, atrás dos Estados Unidos, com 5,9%. A depressão é uma doença que afeta 4,4% da população mundial. O Brasil é ainda o país com maior prevalência de ansiedade no mundo (9,3%). Isso merece nossa atenção! Qual o motivo disso?

2ª – Janeiro Azul – voltada para a prevenção do câncer de colo de útero.

O câncer de colo de útero é o terceiro tumor maligno mais frequente nas mulheres – atrás apenas do de mama e do colorretal e a quarta causa de morte por câncer entre a população feminina no Brasil, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA). A estimativa é de que sejam registrados, neste ano, 16.590 novos casos de câncer do colo do útero, também chamado de câncer cervical. Esse tipo de câncer é causado pela infecção persistente por alguns tipos do Papilomavírus Humano (HPV). 

Vamos falar um pouquinho de cada um!

Janeiro Branco – Saúde Mental

E o que é saúde mental?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a saúde mental é caracterizada por um estado de bem-estar no qual uma pessoa é capaz de apreciar a vida, trabalhar e contribuir para o meio em que vive ao mesmo tempo em que administra suas próprias emoções.

Em palavras simples, isso quer dizer: conseguir lidar tanto com os sentimentos de alegria, amor e coragem, assim como os de tristeza, ciúmes e frustrações do dia a dia. Só que às vezes não dá!

O bicho pega e a gente não consegue lidar com alguns sentimentos que vão se acumulando e acumulando e acumulando… aí PLOF.

Para que isso não aconteça, existem diversas atividades que podem ser feitas para preservar sua saúde mental. Ao invés de “PLOF”, você vai conseguir ressignificar seus sentimentos e emoções para que não se tornem nocivos a você mesmo. Veja as dicas:

  • Crie um planejamento para o seu dia com períodos definidos para algumas tarefas. Atenção! Não seja muito rígido e tenha compaixão consigo mesmo, às vezes não estamos tão dispostos e é normal! 

O amanhã é uma bela oportunidade de recomeço. Não procrastine!

  • Organize seu tempo de forma a incluir: trabalho, descanso, atividades físicas e outras do seu interesse. Tente imprimir e resista à tentação de fugir do programado ou procrastinar. Por exemplo: nada de dar uma espiadinha no e-mail em pleno sábado à tarde ou culpar o tempo nublado para faltar à caminhada, hein? 😉

 

  • Faça atividades que te deixem bem no seu período de descanso: assista a um filme/série, leia um livro, toque algum instrumento, dance, vá a uma cachoeira, enfim… há uma infinidade de coisas interessantes. Mas, lembre-se de sair de casa de máscara.

 

  • Alimente-se de forma saudável! Deixe para “enfiar o pé na jaca” só aos finais de semana. Se tiver algum problema de saúde, consulte um nutricionista ou um nutrólogo, se preferir. Ele poderá ser um grande aliado para orientá-lo da forma correta. Lembrei de um programa chamado “Você é o que você come.” Conhecem? É ótimo para se ter uma noção do que uma boa alimentação pode trazer de benefícios.

 

  • Faça exercícios regularmente. Suba escada, dance, alongue-se looongamente! Não é necessário estar em um ambiente fechado, como academias, para praticar exercícios. Pense num patins, bike, skate, caminhada ou corrida, até soltar seu cachorro no parque e sair correndo atrás dele (nesse caso, sugiro colocar uma corda de 3 metros na guia para evitar que ele escape ou se machuque…rsrs)

 

  • Controle os seus horários de sono! Vá para cama sem preocupações, sabe como? Respire 3x antes de se deitar, com a mão na barriga. Sinta sua barriga ir para frente e para trás. Concentre-se nesse movimento. Deite-se com a mão na barriga e mantenha a mesma respiração… pense em seus pés adormecendo, pernas, ombros e rosto… possivelmente, antes de chegar no rosto, você já dormiu…rsrs

Conte para gente se fizer essa experiência ou se há alguma outra sugestão que deu certo para você, combinado? O sono é reparador!

  • Já pensou em praticar meditação pela manhã? Você pode começar pela meditação guiada com a ajuda de alguns vídeos do Youtube, veja aqui um exemplo ou Apps como o Lojong.

 

  • Caso a angústia estiver apertada, se algo te martela a cabeça ou se precisa conversar com alguém: busque acompanhamento profissional. Um psicólogo ou um psiquiatra podem te apoiar nesse momento. Esses profissionais poderão te auxiliar a lidar com as questões do dia a dia e, consequentemente, se relacionar melhor consigo mesmo e com os outros! 

Janeiro Azul – Câncer de colo do útero

Qual a causa do câncer de colo do útero? 

A principal causa de câncer de colo do útero é a infecção pelo HPV, responsável por praticamente 100% dos casos de câncer de colo do útero.  A infecção por este vírus é classifica como uma doença sexualmente transmissível, que acomete grande número de adultos em algum momento de suas vidas.

A persistência do HPV por longos períodos, estimula o surgimento de alterações no DNA das células podendo ser responsável pelo aparecimento do câncer.

O câncer de colo de útero tem o desenvolvimento lento e, em fase inicial, costuma não apresentar sintomas. Por isso é importante consultar o médico ginecologista periodicamente e realizar os exames de rotina anualmente.

Como saber se tenho câncer de colo do útero?

O diagnóstico compreende a realização de exames como Citopatologia (estudo das células do organismo com auxílio de microscópio, chamado de exame Papanicolaou), colposcopia (exame feito com auxílio de um colposcópio que amplia o órgão de 4 a 50 vezes, com o objetivo de procurar alterações no epitélio que recobre a vulva, vagina e o colo do útero) e biópsia (procedimento no qual se colhe uma amostra de tecido  da região a ser analisada por um médico patologista).

O câncer de colo do útero tem cura, especialmente quando ele é diagnosticado e tratado precocemente, ainda em sua fase inicial.

Como se prevenir?

O uso de preservativo durante a relação sexual, a vacinação contra HPV, em conjunto com os exames preventivos (como o Papanicolaou e a colposcopia) são importantes ferramentas na prevenção do câncer de colo do útero. 

Todas as mulheres, mesmo as vacinadas, devem fazer o exame preventivo periodicamente (a partir do início da vida sexual), pois a vacina não protege contra todos os tipos de HPV.

Divulguem para as mulheres que você ama! Compartilhe com suas colegas, irmãs, tias e companheiras. Lembrem-se: saúde é nosso maior bem!

Todos os meses teremos novas informações sobre as campanhas de saúde. Informe-se e compartilhe seus conhecimentos! Isso pode salvar vidas! <3

Gostou? Agora é nossa vez de perguntar: 

O que você tem feito por sua saúde mental? 

Já passou por algum caso de alguém próximo com câncer de colo de útero? Quer compartilhar sua experiência?

Conte aqui nos comentários para nós, iremos apreciar a oportunidade de oferecer algum apoio 🙂

Escrito por: Patrícia Duarte

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Fontes: 

https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2021-01/janeiro-branco-alerta-para-importancia-de-cuidados-com-saude-mental

https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2020-12/medico-do-inca-alerta-para-sintomas-de-cancer-do-colo-do-utero

Posts relacionados

Deixe um comentário