Resiliência no mundo VUCA

4 minutos para ler

Você sabe como lidar com os estresses da vida? Considerando que a cada dia eles mudam rapidamente no mundo VUCA (Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade)?

Mas afinal, o que é esse mundo VUCA? 

É o cenário profissional  que nos encontramos, onde os problemas são inconstantes e rápidos (voláteis). Essa volatilidade resulta em incerteza, imprecisão e dúvida.

O Covid-19 exemplificou isso, quando dia após dia percebemos que não sabíamos a data que a pandemia iria acabar e ainda não sabemos ao certo. Pensando na complexidade, o mundo VUCA possui diversos fatores com diferentes características e em diferentes níveis, aumentando a complexidade dos problemas no mundo corporativo. Todos os problemas nesse contexto se tornam ambíguos.

Passamos dois anos em uma pandemia que mudou completamente o formato das relações de trabalho. Vivemos nesses últimos dois anos cada palavra dessa na prática. 

Durante esta experiência percebemos o quanto precisamos trabalhar a nossa resiliência para lidarmos com todas essas questões.

O que é a Resiliência no trabalho? 

“Não me julgue pelo meu sucesso. Me julgue por quantas vezes eu caí e consegui me levantar.”  – Nelson Mandela

Resiliência é a capacidade de o indivíduo lidar com problemas, adaptar-se a mudanças, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas – choque, estresse, algum tipo de evento traumático – encontrando soluções estratégicas para enfrentar e superar as adversidades.

Como uma pessoa resiliente age:

  •         Mantém a calma sob pressão;
  •         Lida e gerencia situações de crise com eficiência;
  •         Mantém uma atitude positiva apesar das adversidades;
  •         Volta atrás mediante contratempos;
  •         Cresce com as adversidades e experiências negativas.

    Quais são os pilares da resiliência?

  1. CONEXÃO:

Manter conexões sociais saudáveis é uma parte crítica de como nos recuperamos de contratempos e lidamos com dificuldades. Pesquisas mostram que a conexão com os outros pode servir como um amortecedor para o impacto do estresse.
Precisamos reservar tempo para as pessoas que mais importam; e fazê-lo pessoalmente quando pudermos sem as distrações virtuais, visando um tempo de qualidade. Faz diferença.

2. ENERGIA:

Alimentar nosso corpo e mente nos permite manter a energia que precisamos para continuar quando muito está sendo pedido a nós. Para fazer isso, precisamos: comer de forma saudável (adicionar cor ao seu prato), fazer exercícios com frequência e dormir bem (7-9 horas).

3. MENTALIDADE:

A maneira como vemos os contratempos nos ajuda a nos recuperarmos frente a eles. Ver oportunidades de aprendizado ou algo positivo diante das adversidades é fundamental. Uma mentalidade de crescimento nos ajuda a entender que o esforço e a luta são normais e exercem um papel essencial no nosso amadurecimento. Cultivar a gratidão pelo que temos; valorizar o momento presente, não viver apegado ao passado ou na ansiedade em relação ao futuro.

“O segredo da vida não é o que acontece com você, e sim, o que você faz do que acontece com você.”  – Norman Vincent Peale

4. SIGNIFICADO E PROPÓSITO:

Ter um propósito em nossas vidas nos levanta e nos mantém fortes diante das dificuldades. Priorizar o tempo para as coisas que trazem sentido às nossas vidas (sociais, espirituais e físicas) é gratificante.

5. ATENÇÃO PLENA:

A capacidade de estar presente (manter nossa mente onde nosso corpo está) nos ajuda a ver as coisas com mais clareza e nos ajuda a identificar o que está sob nosso controle, protegendo nossa resposta ao estresse. E nos ajuda a permanecermos flexíveis e criativos, tornando-nos mais adaptáveis à mudança, o que é inevitável.

 Como construir resiliência?

  •         Tente ser mais gentil e menos exigente consigo mesmo.
  •         Ajude um amigo ou colega hoje mesmo!
  •         Priorize o sono, exercício regular e boa alimentação.
  •         Veja o lado positivo das coisas, desde as mais simples.
  •         Tente ter maior flexibilidade.
  •         Busque a atenção plena ou meditação.
  •         Busque encontrar seu propósito

 Por que os comportamentos resilientes nos ajudam?

Nos tornamos mais fortes e com mais preparo para experiências futuras.

Achamos melhores formas de cooperar e administrar situações semelhantes.

Aprendemos que resiliência não é um traço fixo e que podemos aprimorar sempre. 

Podemos optar por construir resiliência através de nossas ações para melhorar nosso bem-estar.

É através do trabalho diário que conseguimos ficar cada vez mais fortes e preparados para lidar com os desafios do mundo VUCA. 

E você já foi resiliente consigo hoje?

Posts relacionados

Deixe um comentário