Como usar dashboard no BI

4 minutos para ler

Um dashboard de BI é utilizado para orientar a tomada de decisão da organização, por isso, se ainda não utiliza um, saiba que está perdendo tempo e dinheiro.

O BI é essencial para a empresa monitorar e otimizar os seus processos continuamente. Além disso, auxilia na identificação e correção rápida de gargalos operacionais e pontos de ineficiência do negócio, que implicam em custos adicionais e menor competitividade.

Com a enorme quantidade de dados gerada atualmente pelas diversas ferramentas que suportam a organização, é impossível não pensar em uma solução de BI. Um dashboard de vendas, acompanhamento de metas, gestão de equipe, seja qual for o objetivo, com um dashboard é possível determinar os próximos caminhos da organização em cima de informações precisas, capazes de indicar os cenários e tendências

O que é um Dashboard?

Um dashboard é uma página única que conta uma história através dos gráficos que compõem a tela. Uma vez bem projetado, conta apenas com os elementos mais importantes dessa história, ou seja, quando estão muito poluídos com informações em excesso podem gerar mais dúvidas do que saná-las.

Quais são os tipos de dashboard?

Temos dois principais tipos: Analíticos e Operacionais

Analíticos: Apresenta os dados de determinado período com foco em uma análise mais profunda de padrões de mercado e tendências do setor atuante. É fundamental uma boa visualização e organização dos gráficos, assim como uma atualização constante para melhor auxiliar na tomada de decisão.

Operacional: É voltado para o controle de métricas da organização, permite acompanhamento de metas e aponta para o desempenho geral.

E os benefícios?

Um dashboard de BI é fundamental na competitividade de um negócio. Ele não só auxilia os gestores nas tomadas de decisão, como também gera embasamento com suas tendências de mercado e hábitos de consumo.

Entre os principais benefícios podemos citar:

Transparência: na prática, é resultado de uma escolha prévia das métricas a serem utilizadas, eliminando assim ruídos e dados desnecessários para o negócio, levando apenas dados relevantes sem alterar a veracidade dos mesmos.

Comunicação entre equipes: torna fluido o compartilhamento de dados entre setores e, por consequência, a comunicação. Os gestores passam a enxergar o negócio de forma integral, de modo que nenhum processo ou atividade passe despercebido.

Informações personalizadas: não importa o porte da empresa, um dashboard de BI pode e vai encaixar na sua organização, levando até os usuários as informações da melhor maneira possível. Sem “ferramentas prontas”, permite que as particularidades do seu negócio sejam vistas e discutidas.

Análise de dados assertiva: Informações claras e objetivas levam a decisões acertadas. Um dashboard de BI tem como objetivo levar estes insights aos gestores, deixando um pouco o “feeling” de lado e agindo mais com informações reais de mercado, baseada nos dados que compõem um período ou métrica específica

Acesso rápido: A facilidade de implantação e o acesso rápido (ao mesmo tempo bem gerenciado) permite que um dashboard seja o principal aliado no dia a dia dos gestores

 

Um dashboard de BI pode e deve auxiliar as tomadas de decisão da organização baseada em dados, uma realidade que vem crescendo a cada dia com a velocidade e volume dos dados atuais. 


Ainda possui dúvidas e deseja saber mais sobre BI? Leia aqui como aplicá-lo na gestão da sua equipe.

Nosso time também estará disponível caso queira entrar em contato 🙂

Posts relacionados

Deixe um comentário